top of page
  • Foto do escritorMaestro Roberto Farias

Música e Neurociência

Você já parou para pensar em como nosso cérebro processa a música?

Nosso cérebro tem a incrível habilidade de se modificar de acordo com as demandas exigidas à ele. Quando tocamos um instrumento requer uma grande demanda musical de um músico.


Imagine que para um músico tocar o seu instrumento ele precisa fazer milhares de coisas ao mesmo tempo como controlar movimentos complexos, ler uma partitura, ouvir os sons que estão ao seu redor, fazer os ajustes necessários durante a performance.


Podemos pensar, então, que a prática musical é como uma academia cerebral. E é interessante observar que tocar um instrumento pode gerar mudanças estruturais e funcionais em nosso cérebro!


Vemos assim que tocar um instrumento, além de fazer um bem enorme para as pessoas, é um excelente exercício para o cérebro.


Muitas pesquisas têm sido feitas na área da neurociência para compreender como o nosso cérebro funciona e como ele processa a música. No Brasil vemos algumas instituições de ensino, como a UFABC, que possuem grupos de pesquisa dedicados ao estudo do comportamento musical pela perspectiva da neurociência cognitiva.


Se você tem curiosidade sobre o assunto, te convido a ler também alguns materiais interessantes sobre o assunto AQUI e AQUI.



Post de: Estela Ribeiro


56 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page