top of page
  • Foto do escritorMaestro Roberto Farias

Choral-Fantasy “In Nativitate Domini” opus 260


Há mais de dois mil anos, uma mensagem de fé e esperança e há cerca de trinta anos, na paleta de um dos mais proeminentes compositores brasileiros da atualidade, Amaral Vieira, uma das mais expressivas obras do repertório coral-sinfônico, a magnífica Fantasia Coral "In Nativitate Domini para piano obligato, órgão, harpa, mezzo-soprano, coro misto e duas bandas sinfônicas.


Interpretação da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo, solistas e coro.

Regência: Roberto Farias


Amaral Vieira (born 1952)

Choral-Fantasy “In Nativitate Domini” opus 260 for mezzo-soprano, piano obligato, organ, harp, mixed chorus in 8 voices and two symphonic bands.

(Awarded the São Paulo Art Critics Association Prize for “Best Vocal Work of 1992”)


Introitus – Puer natus – Viderunt omnes – O Magnum Mysterium – Alleluia – Dies sanctificatus – Alleluia


Eloisa Baldin, soprano

Amaral Vieira, piano

Selma Asprino, organ

Norma Rodrigues, harp

Coral Pro Musica Sacra (conductor Luiz Roberto Borges)

São Paulo State Symphonic Band

Conducted by Roberto Farias

5 visualizações

Comentários


bottom of page