top of page
  • Foto do escritorMaestro Roberto Farias

BEAG Quarantine Portraits

Ainda não a vencemos por completo, mas com fé e esperança chegaremos lá. BEAG Quarantine Portraits (2020), um retrato sonoro da pandemia, ainda se mantém inédita. Quem sabe, não seja a sua estreia, que imaginamos para breve, o nosso "Canto de Vitória"? Sigamos com fé!




BEAG Quarantine Portraits by Roberto Farias for wind symphony (2020). Obra dedicada à memória das vítimas da pandemia, resultado de estudos empreendidos no âmbito do Seminário Permanente de Regência em 2020. BEAG, ao mesmo tempo que representa as notas do motivo inicial (si bemol - mi bemol - lá bemol e sol), em irlandês significa "pequeno; muito pouco", o que nos leva a concluir que tudo que venhamos fazer pelas muitas vidas perdidas, será "pequeno e muito pouco". A obra deveria ter a sua estreia no dia 6 de dezembro de 2020, na Sala São Paulo, pela Banda Sinfônica de Cubatão, sob a regência do Maestro Marcos Sadao Shirakawa, mas o concerto foi cancelado em razão da pandemia. BEAG Quarantine Portraits (Retratos da Quarentena) completa a TRILOGIA, da qual fazem parte Abertura Exótica e Tribute to Bach, que dialogam entre si.


Produção de vídeo: Demétrio Ferreira

Revisão de editoração gráfica: Tiago Ferreira

Coordenação MUSICAD: Estela Ribeiro

41 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Sin Misura

Comments


bottom of page