top of page
  • Foto do escritorMaestro Roberto Farias

Sinfônica de Cubatão apresenta 'Tango, Folklore e Cia' no sábado

Atualizado: 25 de fev. de 2021

Matéria publicada na Gazeta do Litoral em 14/04/2015.


Concerto gratuito traz Trio MJC e bailarinos da Argentina. Apresentação reconta história musical do tango e do cancioneiro popular daquele país


A Banda Sinfônica de Cubatão apresenta neste sábado, dia 18, às 20h30, seu mais novo espetáculo "Tango, Folklore e Cia". O concerto acontece no Bloco Cultural da Cidade (Praça. dos Emancipadores, s/nº) e tem entrada franca. A apresentação faz parte da programação oficial de aniversário de 66 anos de Cubatão.


Neste espetáculo, a Sinfônica úne-se ao Trio argentino MJC em um passeio musical pelo tango e pelo cancioneiro popular da Argentina de várias épocas e estilos - milonga, chacarera, bailecito, entre outros. O Trio MJC, formado por Martínez no piano, Juarena no bandoneon e Ciavattini nos aerófonos andinos, assina todas as orquestrações das 15 músicas, incluindo peças que já fazem parte da história musical daquele país comoLibertango (Astor Piazzolla) e Por una cabeza (Carlos Gardel/Alfredo Le Pera). As outras peças são autorais, como Davueltando (Jorge Martínez), Chucha (Mauro Ciavattini) eRetrato del Aire (Pablo Jaurena).


Na tarde desta segunda-feira, dia 13, os músicos argentinos estiveram na Secretaria de Cultura de Cubatão para acertar os últimos detalhes do show junto ao secretário da pasta, Welington Borges, e ao diretor artístico e regente do espetáculo, Roberto Farias. "É muito importante que aconteça esse intercâmbio artístico-cultural", disse Borges. Os argentinos realizam, ainda, quatro ensaios esta semana junto à Sinfônica, para que tudo saia perfeito no sábado.


Para o maestro Roberto Farias, o Trio MJC é um dos mais inovadores grupos instrumentais da música popular portenha na atualidade. "O Trio e cada artista, separadamente, têm uma visão musical muito pessoal que transita amplamente do tango ao folclore argentino, com influências do jazz e da música erudita. Essa troca de experiências entre os músicos cubatenses e argentinos é riquíssima para a carreira deles e poderá ser sentida pela plateia no palco, com uma apresentação emocionante e de excelência", disse. O maestro destaca, ainda, a participação do Grupo Rinascita de Música Antiga na peça Para Melenita, de Jorge Martínez.


O espetáculo Tango, Folcklore e Cia foi concebido pelo maestro Roberto Farias em 2008, durante sua atuação na Orquestra de Córdoba, e foi apresentado cinco vezes na Argentina e outra em São Paulo. Para o concerto de Cubatão teve o repertório reformulado, incluindo novas composições do Trio, que fazem parte de CD mais recente do Trio.


O Tango, como Dança - O espetáculo também contará com a participação de bailarinos especializados em Tango: Daniel Olviedo e Mariana Casagrande. Daniel é argentino e Mariana, brasileira. Juntos, dirigem a Academia Tchê Tango, em Porto Alegre. No meio do caminho entre os dois países, realizam com maestria, além das aulas, espetáculos por todo o país.


"A cada coreografia, será possível perceber o lado denso do Tango, enriquecido pela trilha sonora do espetáculo, totalmente envolvente", afirma Mariana Casagrande. A cada dança há um encontro e a síntese de uma relação intensa que o ritmo proporciona, onde os bailarinos se vêem frente a frente, despedem-se e se separam. Respeitando as origens da dança de salão, a ideia é incrementar a apresentação onde as pessoas possam perceber o aspecto visceral do Tango.


Veja a matéria original aqui.

7 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Retomada dos trabalhos dos grupos artísticos de Cubatão

De Vereador Rodrigo Alemão: https://fb.watch/cyPj5_fwCK/ Foi aprovado por unanimidade na última Sessão Ordinária, Requerimento n°29/22, de minha autoria, para a criação da Comissão Especial de Vereado

Comments


bottom of page