top of page
  • Foto do escritorMaestro Roberto Farias

Grupos Artísticos: Qualidade e eficiência!

Atualizado: 25 de fev. de 2021

JCI - Jornal Comércio e Indústria - Cubatão, Vale das Artes - 2019.


A retomada das atividades dos Grupos Artísticos de Cubatão em agosto passado, após o longo período de onze meses de paralisação, foi permeada pela qualidade e eficiência das suas ações, no que pese a árdua tarefa da reorganização dos elencos artísticos e a drástica redução de recursos financeiros.


Com uma programação compactada, incluindo ensaios e apresentações, sob um novo modelo de gestão mediante a celebração de um Termo de Fomento entre a Prefeitura e a AMBSC - Associação de Amigos da Banda Sinfônica de Cubatão e ASABAMC – Associação de Amigos da Banda Marcial de Cubatão, os Grupos Artísticos, dos quais fazem parte a Banda Sinfônica de Cubatão, Grupo Rinascita, Cia. de Dança, Banda Marcial de Cubatão, Corpo Coreográfico, Coral Zanzalá, Coral Raízes da Serra, Banda Marcial Infantil e Oficinas de Formação, num espaço de quatro meses, graças à execução de um Plano de Trabalho, criteriosamente elaborado e aprovado pela Secretaria Municipal de Cultura, ocorreram com resultados plenos, intervenções artísticas que tiveram como palco o Espaço Multimídia do Parque Anilinas, Bloco Cultural, Escolas e Logradouros Públicos, atingindo a um público estimado de 1.600 pessoas.


O recurso orçamentário que dantes era destinado exclusivamente à remuneração dos artistas, hoje reduzido a 1/3 do que era no final de 2016 (e congelado desde 2008), absorve além dos custos de administração, gastos com infraestrutura como transporte de equipamentos (caminhão-baú), transporte dos artistas (ônibus e vans), som e iluminação, palco e praticáveis, kits de lanches, camisetas do projeto, geradores e banheiros químicos (em ocasiões específicas), bem como serviços reprográficos. Mesmo assim, ainda não sendo um modelo considerado ideal para a manutenção de grupos artísticos, sem a perenidade devida, verifica-se que toda e qualquer atividade, artística ou pedagógica, traz consigo assegurado a existência da infraestrutura mínima adequada ao êxito dessas ações, tanto pela capacidade de planejamento e eficiência administrativa e profissional das entidades gestoras.


A Temporada 2019, cujo encerramento está previsto para o dia 14 de dezembro, como grande Apoteose, reserva à comunidade cubatense uma programação atrativa, dinâmica e altíssimo nível, com ênfase à celebração do Natal, em total consonância com os anseios da Administração Municipal.


A grande expectativa agora é conhecer-se o nível de investimento para a renovação do Termo de Fomento, com recursos suficientes a garantir a manutenção dos Grupos Artísticos durante todo o ano de 2020, lembrando que, sendo um ano eleitoral, todas as ações jurídico-administrativas deverão ocorrer até a data limite de 4 de abril, seis meses antes das eleições, conforme determina a legislação.


Tenhamos fé!


por Maestro Roberto Farias (coordenador dos Grupos Artísticos de Cubatão)


24 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page