top of page
  • Foto do escritorMaestro Roberto Farias

Composições do maestro Roberto Farias estreiam na Europa

Atualizado: 25 de fev. de 2021

Matéria publicada na Revista Relevo em 19/06/2015.

O maestro Roberto Farias, coordenador dos Grupos Artísticos de Cubatão, tem mais duas de suas composições em destaque na Europa. Desta vez, as obras foram lindamente executadas durante o 13º Festival de Música Brasileira Erudita na cidade de Oradea, na Romênia. Farias recebeu a notícia do professor Sandor Trurzò, organizador do festival em terras estrangeiras.


As músicas “Tres Escenas de Amor” e “Sin Misura” foram criadas por Roberto na época em que ele ainda era o coordenador artístico da Banda Sinfônica da Província de Córdoba, na Argentina e trazem forte apelo dramático. “Tres Escenas”, um duo para violino e viola, possui três movimentos e foi composta por ocasião da trágica morte do violoncelista argentino Ricardo Guida, amigo pessoal de Farias, por isso, o título em espanhol. A obra descrever a relação amor e afeto entre um casal, sendo que a viola (figura masculina) faz o papel de sedutor e o violino (figura feminina) de seduzida. A estréia brasileira foi em 2013, em um recital na cidade de São Paulo.


A peça “Sin misura” foi composta para contrabaixo solo. Sem acompanhamento, baseada na forma de livre interpretação como nas Suítes para Violoncelo Solo de Johann Sebastian Bach, a música faz uso de uma linguagem bem próximo do célebre compositor alemão. “Sin Misura” significa “sem medida”, que em música quer dizer “sem rigor de tempo”. A peça é dedicada ao Professor Fábio Ferreira, solista de contrabaixo da Banda Sinfônica de Cubatão, orientador de contrabaixo do Programa Banda Escola (BEC) e integrante do Grupo Rinascita de Música Antiga. A primeira audição brasileira deu-se por ocasião do XI Festival Internacional de Contrabaixistas realizado sob os auspícios da Universidade Federal de Goiás, em novembro de 2014, tendo como intérprete a Dra. Sonia Ray.


Estas não são as primeiras obras de Farias a terem destaque no exterior: em 2013, o arranjo do maestro cubatense para “Tico-tico no fubá”, música mais famosa de Zequinha de Abreu, fez parte da programação da Orquestra Sinfônica de Kingston, do Canadá. “Essas partituras e partes da versão estão disponibilizadas para aluguel pela Brazilian Music Publications, dos Estados Unidos. É esta editora que publica os meus trabalhos e me representa em território norteamericano. Neste ponto, a internet tem facilitado e muito a divulgação de arranjos musicais”, afirma o maestro. Essa música, na versão especial para orquestra sinfônica, já foi executada na Europa. A estreia aconteceu em 2012, na Bulgária, com uma ilustre plateia presente, inclusive, a presidente Dilma Rousseff.


Para Farias, a apresentação de suas composições são uma oportunidade de divulgar a música brasileira e o potencial artístico de Cubatão, já que é filho da terra. “A Música Brasileira já é muito respeitada lá fora e transcende estilos, épocas e até barreiras culturais”, comenta o maestro, em atividade há mais de 40 anos, desde que fundou a Banda Musical Afonso Schmidt, mais tarde oficializada Banda Musical de Cubatão e, hoje, Banda Sinfônica da Cidade.


De qualquer maneira, é evidente o talento do maestro Roberto, que consegue passear pelos mais diferentes estilos e composições instrumentais, preservando a identidade da música erudita e encantando o público estrangeiro desde sempre.


Veja a matéria original aqui.


101 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Retomada dos trabalhos dos grupos artísticos de Cubatão

De Vereador Rodrigo Alemão: https://fb.watch/cyPj5_fwCK/ Foi aprovado por unanimidade na última Sessão Ordinária, Requerimento n°29/22, de minha autoria, para a criação da Comissão Especial de Vereado

Kommentare


bottom of page